20 de junho de 2016

A metade do silêncio



Seja esta noite
a extensão de todas as procuras.

A cláusula menos escura
do que casula nos olhos
a lua.

Que areje a luz
enquanto Deus recapitula a tarde
e seu incenso de neblina.

Esteja esta luz na metade
do silêncio,

à curva do que germina.

Nenhum comentário:

Postar um comentário